Iogurte caseiro, sem o uso da iogurteira

Vocês sabem qual a diferença entre esses dois iogurtes?



Um foi feito na iogurteira e o outro não. Só isso! Porque em termos de consistência e sabor, são idênticos!


Antes de ganhar a iogurteira do meu marido, nunca tinha me aventurado a fazer iogurte caseiro. Lia as orientações e me dava preguiça, medo de botar a perder os ingredientes, não saber esse negócio de tirar o soro.


Só que nas duas últimas semanas, ao preparar a mistura para levar à iogurteira, acabei usando o leite todo e sobrou preparação. Como não sou de jogar comida fora, coloquei em um potinho de vidro o que sobrou e resolvi testar fazer o iogurte fora do aparelho. E não é que deu super certo?


Compartilho, então com vocês como fiz:


Ingredientes:


- 1 litro de leite integral pasteurizado (de saquinho)

- 2 colheres de sopa de leite em pó integral (uso Itambé)

- 1 pote de iogurte integral não adoçado (importante usar iogurte que contenha apenas leite e fermentos lácteos)


Mode de preparo:


Fervo o leite de saquinho e espero amornar. Uma dica ótima que vocês me deram aqui foi a de colocar o dedo no leite e ver se consigo permanecer por cerca de 10 segundos, de forma confortável. Se sim, está na temperatura ideal.


Para facilitar o resfriamento, costumo trocar de recipiente. Passo de uma panela para um recipiente de vidro.


Acrescento, então o leite em pó e o iogurte e mexo delicadamente com um fouet, pois ele ajuda a desmanchar o iogurte e deixar a preparação homogênea.


Esses passos, até agora, são os mesmos para levar o iogurte à iogurteira ou para fazê-lo sem o aparelho.


Qual a diferença a partir daí? Ou eu coloco nos potinhos próprios, ligo a iogurteira e espero de 10 a 12h, ou coloco em potinhos de vidro, com tampa e levo ao forno.


Meu forno é elétrico e eu ligo a 60 graus, por 30 min, com os potinhos de vidro já dentro. Essa temperatura é mínima e apenas para garantir que a preparação permanecerá morna por mais tempo.


Passados os 30 min, deixo os potinhos no forno fechado (não abro em nenhum momento para não perder o calor interno) e só os retiro no dia seguinte, após as mesmas 10h a 12h em que os potes de plástico permaneceram na iogurteira.


O resultado foi exatamente o mesmo!


Ah, mas eu poderia usar um pote único, grande? Acredito que sim. Mas estou tão acostumada com porções individuais, que prefiro já preparar e deixar pronto para o consumo de cada porção.


E lembram que contei para vocês no post sobre a iogurteira que um dos motivos que eu tinha pensando em comprar de outra marca é porque não queria pequenas porções? Pois é, mudei de ideia.

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com